Frontpage Slideshow | Copyright © 2006-2010 JoomlaWorks, a business unit of Nuevvo Webware Ltd.

Criar PDF

 

Algarve "Portagens & IVA"

Terça, 06 Dezembro 2011

NERA

O NERA apela aos empresários para não baixar os braços, para apostar nas suas empresas e acreditar no futuro

Não ignoramos as dificuldades do país, nem os sacrifícios a que são chamados a maioria dos portugueses, nem fugimos às nossas responsabilidades. Mas não podemos deixar de referir que a Economia e as Empresas do Algarve foram alvo de uma sobrecarga adicional: para além das medidas gerais do OE e do aumento do IVA na Restauração, de 13 para 23%, um sector com muito peso na Região, fomos brindados com o aumento do IVA num sector importante para o Turismo que é o Golfe (de 6 para 23%). E com a introdução simultânea das Portagens na Via do Infante, que os empresários do Algarve e o NERA consideram extremamente negativa para a economia e as empresas da Região e contra a qual reafirmam a sua total oposição.

Não podemos deixar de denunciar que estas medidas atingem fortemente não apenas as empresas e os cidadãos, mas o principal sector exportador da Economia nacional – o Turismo – de que o Algarve é o maior protagonista, diminuindo-lhe competitividade. Isto num momento em que tanto se exalta a importância das exportações para as contas externas do país.

Este quadro agravado exige lucidez e coragem aos empresários do Algarve que, pelas responsabilidades - que são diárias perante trabalhadores, fornecedores, clientes, bancos, fisco – não se podem dar ao luxo de ter «estados de alma». Têm perfeita consciência da injustiça das medidas, nomeadamente na questão das Portagens, e não vão esquecer a hipocrisia e o oportunismo dos que no passado contribuíram para que se chegasse a esta situação.
As empresas da nossa Região atravessam um momento difícil. Mas os empresários não podem cair no pessimismo e na descrença e não vão deixar de assumir as suas responsabilidades.

Vamos todos fazer um esforço para melhorar o trabalho das empresas e procurar defender o emprego, e prepará-las para enfrentar as dificuldades.
Os empresários não devem ser, perante a opinião pública, os arautos do pessimismo e da descrença e os propagandistas das más notícias, porque essa atitude só prejudica a reanimação da economia e o trabalho das empresas e em particular o Turismo.

O NERA, neste momento difícil, apela à união e mobilização de todos os empresários do Algarve para manter alta a iniciativa das empresas, única forma de reforçar e dinamizar a nossa economia.

 

Login Form